Personalize o conteúdo para vender mais online ainda hoje

personalização de conteúdo

 

 

A personalização do conteúdo (textos, design e campanhas) já é um recurso usado por muitos donos de lojas virtuais. Além de uma técnica, passou a ser também uma estratégia valiosa para quem quer vender mais online. Neste artigo daremos razões para o seu e-commerce investir na personalização e dicas para conquistar maiores rendimentos.

 

 

Com a nova dinâmica do mercado, a mudança do perfil do consumidor online e a grande concorrência no espaço virtual, o tempo está cada vez mais valioso, por isto, as pessoas não só esperam, como também exigem atendimento e experiências personalizadas.

 

Na internet especialmente, onde o rastro virtual deixado após a conexão com diversos sites, redes sociais, visitas aos canais virtuais e os cadastros realizados dizem muito sobre a preferências e desejos dos clientes, saber aproveitar estas informações pode ser a diferença entre vender mais online ou não.

 

Você sabia que lojas virtuais podem utilizar os dados coletados dos clientes para personalizar a experiência destes, mas a grande maioria acaba subutilizando estas informações e dados relevantes?

 

Seu concorrente já foca em vender mais com personalizações online e você?

 

Grande parte dos profissionais de marketing (95%) já reconhece que a personalização da experiência do cliente na web é fundamental para o sucesso dos negócios.

 

Além disto, o grande avanço no número de sistemas e softwares de CRM e de gestão de KPI’s que também ajudam a mensurar o caminho feito pelo cliente em seu site, bem como as preferências e interesses dos seus visitantes e consumidores, também comprovam que esta é uma tendência que não está de passagem.

 

De acordo com uma pesquisa da Mojn, 75% dos consumidores gostam de receber mensagens de ofertas personalizadas aos seus gostos e 74% dos clientes online se sentem frustrados quando recebem promoções que não tem relação com seus gostos e preferências.

 

5 Dicas práticas para personalizar sua loja virtual e vender mais online ainda este mês

personalizar loja virtual

Ciente destas vantagens principais de investir na personalização que apresentamos acima, você deve estar se perguntando: Ok, mas por onde começo a personalização do meu conteúdo de forma prática na minha loja?

 

Pois bem, para começar a executar seu plano de personalização de conteúdo e começar a vender mais online ainda hoje você pode:

 

1 – Adotar/aprimorar o modelo responsivo da sua loja virtual

 

Essa dica não é uma das mais novas, mesmo assim, sempre é bom lembrar, já que ainda há muitas lojas virtuais que não otimizaram a sua versão para melhorar o acesso via dispositivos móveis.

 

Caso seu site tenha sido feito com ajuda do WordPress e você não tenha tanta habilidade com design, experimente otimizar sua página com ajuda de plug-ins como iThemes mobile, WPTouch ou DudaMobile.

 

Além disso, mesmo que sua loja já possua design responsivo, cabe lembrar que avaliações periódicas devem ser realizadas. Não deixe de testar a velocidade desta versão periodicamente com a ajuda do PageSpeed do Google.

 

2- Personalizar a moeda e localização

 

Esta é uma dica que é primordial, especialmente para quem pretende alcançar clientes fora do país.

 

Crie regras inteligentes para padronizar informações com ajuda do rastreamento do IP ou deixe a opção de link para alteração bem visível e de fácil configuração, pelo próprio usuário.

 

Desta forma você pode apresentar ofertas exclusivas para cada usuário, utilizar promoções direcionadas e indicar a moeda da sua região, facilitando o cálculo das despesas da compra.

 

3- Criar ofertas personalizadas com o nome do cliente

 

Usar o nome do cliente na apresentação de ofertas em momentos além do tradicional e-mail marketing costuma render resultados muito positivos para quem deseja vender mais online.

 

Experimente personalizar também as ofertas em landing pages e Calls-to-action para cativar seus clientes e vender mais online. Caso não queira usar ou tenha dificuldade para incluir o nome nas ofertas, experimente criar call to actions em que a linguagem seja direta e represente a fala do próprio cliente como no exemplo abaixo

 

call to action personalizado call to action personalizado

4- Criar personalização baseada em ações

 

Outra forma eficiente para vender mais online é criando segmentações de acordo com os canais que originam o acesso de seus clientes, criando calls-to-action ou templates com mensagens diferentes para cada uma das origens de tráfego.

 

Para começar, experimente criar listas e segmentações de clientes como:

  • Clientes que já comprou e retornou ao site
  • Acessou recomendações de compras
  • Abriu “x” campanhas de e-mail marketing
  • Não abriu a última campanha de e-mail marketing
  • Abandonou carrinho de compras, etc

Segmente seus clientes com ajuda do Google Analytics, personalizando relatórios, com ajuda do seu sistema de gestão de e-mail marketing, atribuindo marcações e grupos dentro da sua lista de acordo com as interações e seus clientes em seu site, conforme relação de compras.

 

A partir desta segmentação você também pode atribuir ações automáticas de envio para estas listas ou na sequência após a realização de determinadas ações em seu site. O envio direcionado e no momento adequado com ações de automação de marketing são ótimos recursos para vender mais online.

 

5- Ofereça personalização de produtos

 

Esta estratégia é muito útil para todos os segmentos de e-commerce, especialmente para lojas virtuais de roupas, já que a dúvida sobre o padrão dos tamanhos acaba fazendo com que alguns clientes fiquem confusos e acabem desistindo da compra.

 

Para não perder estes compradores, você pode se diferenciar incluindo serviços de customização das descrições usando aplicativos como  que ajudam na descrição mais detalhada e de qualidade de seus itens.

 

Além disso, se o seu foco for vestuário,  também há excelentes alternativas que permitem que o cliente defina os padrões da sua roupa, antes de fazer o check out, tendo certeza absoluta de que está comprando um modelo e tamanho ideais.

 

Além das dicas deste artigo, separamos uma série de conteúdos completos sobre como vender mais online, que está sendo publicado ao longo de todo este mês. Não deixe de acompanhar o próximo artigo que falará sobre dicas de ferramentas que ajudarão sua loja virtual a vender mais.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *