8_de_março_dia_das_mulheres_banner

O dia delas: empreendedorismo e liderança

O dia 8 de março deve ser comemorado como a conquista pelos direitos das mulheres, que batalharam por anos para conseguirem melhores condições de trabalho, participação na política, representatividade e igualdade entre homens e mulheres.
Por isso, reservamos esse dia, para falar de alguns dados que representam a conquista do dia a dia.

Atualmente, muitas mulheres vêm assumindo cargos de liderança e, principalmente, construindo seu próprio negócio. Só em 2016, mais da metade dos novos negócios abertos foram fundados por mulheres, de acordo com o levantamento da Global Entrepreneurship Monitor 2017, em parceria com o Sebrae.
Além disso, as mulheres são mais escolarizadas que os homens empreendedores e atuam, na maior parte, no setor de serviços, seguido pelo setor de comércio e indústria.

“A taxa de empreendimentos iniciados no país, desde 2007, oscila entre 47% e 54% para homens e mulheres. Em 2016, a taxa foi de 48,5% para homens e 51,5 % para mulheres”, afirma a professora da Universidade do Oeste de Santa Catarina Hilka Machado, e especialista em empreendedorismo.

O dado apresentado mostra que o empreendedorismo feminino não é nenhuma novidade, diferente do que muitos pensam. As mulheres seguem em busca de alternativas para aumentar o rendimento, ou até mesmo tornar a atividade como principal fonte de renda,visto que 4 em cada 10 lares brasileiros são chefiados por mulheres.

O infográfico abaixo traça o perfil das empreendedoras brasileiras, de acordo com dados do Serasa Experian e Global Entrepreneurship Monitor:

mulheres_empreendedoras_infografico_2017

Partindo do outro ponto de vista, sobre a presença feminina em cargos de liderança, um estudo recente da Consultoria McKinsey, Delivering Through Diversity (Entregando por Meio da Diversidade) comprova que ter mulheres em cargos de liderança aumenta em 21% as chances de uma empresa ter desempenho financeiro acima da média.

Um exemplo utilizado no estudo, foi o case da empresa Sodexo que através de uma pesquisa interna descobriu que mulheres em cargos gerenciais estão correlacionados com desempenho superior em medidas como a satisfação do consumidor e envolvimento dos funcionários. A empresa prometeu aumentar o número de cargos executivos para mulheres para 40% até 2025.

O estudo mostrou também que, apesar da representatividade das mulheres em altos cargos ser uma tendência, há apenas 10% de mulheres no corpo executivo, contra 1% entre as que correspondem as últimas posições, mesmo nas empresas com maior índice de diversidade.

Do final do século 19, quando surgiram muitas manifestações por operárias protestando por melhores condições de trabalho, até os dias de hoje, podemos concluir que muitas coisas mudaram e muitas batalhas foram conquistadas, porém algo permanece igual: a luta pela igualdade continua, principalmente no ambiente profissional.

A todas as mulheres, desejamos nesse dia (e em todos os outros) que continuem inspirando e sendo referência no que fazem.

Feliz dia das mulheres para todas nós! 😊

dia_8_de_março_dia_internacional_das_mulheres

Thaysa Coutinho

Thaysa Coutinho

Analista de Marketing, formada em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda pela Faculdade Cásper Líbero, responsável pela gestão de conteúdo da Yourviews.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *