Evite os erros mais comuns de e-commerces e lucre

erros mais comuns de e-commerces

 

Errar é sem dúvidas um processo natural e necessário tanto para o desenvolvimento pessoal quanto para o profissional, no entanto, se você deseja se destacar da concorrência no ambiente virtual, há formas de evitar os erros mais comuns de e-commerces, para pôr sua loja virtual no topo.

Planeje as etapas de desenvolvimento que pretende trilhar

planejamento e-commerce

Embora pareça uma afirmação muito clichê e você já saiba a importância de planejar seu e-commerce antes mesmo do lançamento, é importante não esquecer de manter esta estratégia periodicamente ativa.

 

Com tantas outras tarefas de gestão precisando ser realizadas, não acompanhar e revisar o planejamento das etapas de desenvolvimento se torna um dos erros mais comuns de e-commerces.

 

Para evita-lo, estabeleça datas fixas e uma programação de revisão de estratégias, para se certificar que o desenvolvimento atual está alinhado com as metas propostas e identificar pontos de melhorias ou até mesmo revisões necessárias.

 

Sempre aprimore as descrições dos produtos

descrição de produtos em lojas virtuais

O produto é o ponto chave do seu negócio, não faça com que ele fale contra a imagem do seu e-commerce. Invista em fotos de qualidade, permita que o cliente visualize seu produto de diversos ângulos. Lembre-se também de fornecer descrições mais detalhadas, mas não maçantes.

 

Por exemplo, se você vender roupas, mostre comparações entre os tamanhos e informe medidas em centímetros. Para utensílios domésticos, tente explorar o uso de explicações em vídeos e busque sempre formas alternativas de expor seus produtos da melhor maneira possível, fugindo sempre das descrições muito básicas.

 

Busque a máxima qualidade em suas entregas

qualidade na entrega

Problemas nas entregas costumam ser os fatores que mais causam revolta nos clientes e motivam reclamações. Conforme apontou um mapeamento realizado pela ABCom, em 2014, o atraso é o motivo de 61% das queixas feitas pelos clientes.

 

Além deste grande impacto, problemas logísticos contam com um poder devastador capaz de acabar de vez com a clientela. Para não ter seu negócio arruinado por conta disto, tome medidas como:

 

  • Checar as melhores opções de contrato com os correios
  • Planeje formas de subsídios
  • Assuma custos em alguns momentos para favorecer seus clientes
  • Planeje um sistema adequado de logística reversa
  • Inclua outras alternativas de entrega secundárias como contingência

 

Diversifique as opções de pagamento

 

Os problemas com pagamento, apresentando opções restritas para recebimento são erros comuns de e-commerces, principalmente os iniciantes, que por possuírem pouca experiência, acabam limitando opções pensando em controlar melhor as entradas, mas assim acabam limitando também seu crescimento.

 

Para não ter muitos carrinhos abandonados, apresente claramente as opções aceitas, durante o processo de compra e também em áreas do seu site, assim, o cliente não se decepcionará após encher o carrinho.

 

Invista na acessibilidade e simplifique processos

site intuitivo

De acordo com a pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), divulgada no primeiro semestre deste ano, 53% dos brasileiros possuem o hábito de comprar por impulso, por isto, a estrutura do seu e-commerce precisa ajudar neste processo.

Seu e-commerce precisa contar com um acesso intuitivo, onde o cliente possua facilidade para acessar as áreas de seu interesse e localizar os produtos que mais o interessam.

 

Por isto, reduza a quantidade de páginas para finalização da compra, permita um cadastro com informações simplificadas, crie menus inteligentes, invista em soluções de perguntas e respostas mais eficiente como a oferecida pela Yourviews e não tente forçar cadastros para recebimento de newsletter ou assinaturas, faça ofertas simples e naturais.

 

Atenção ao uso de propagandas

 

Caso seu e-commerce esteja poluído demais com muitas pop-ups, muitos anúncios e barras laterais sobrecarregadas de propagandas, ele poderá espantar seus clientes antes de motivar qualquer intenção de compra.

 

Para fugir desses erros comuns de e-commerces com propagandas muito agressivas, foque sempre em um layout mais clean e organizado. Você pode incluir propagandas e ofertas, mas fique atento às cores, proporções dos anúncios e sua distribuição por páginas, para não fugirem da estética do site.

 

Cuide da reputação da sua marca e de seus produtos

reputação do e-commerce

A internet é um dos melhores espaços para disseminar marcas, produtos e novos conceitos, mas se não for bem acompanhada e se a marca de um e-commerce não for bem gerida, você cometerá um o erro com a consequência mais grave de todos: criação de uma reputação negativa.

 

Neste caso, espaços como as redes sociais, sites especializados como ReclameAqui e muitos outros, podem viralizar suas falhas e arranhar a imagem do seu e-commerce com tanta gravidade que as perdas de clientes poderão ser inevitáveis.

 

Como monitorar reclamações e queixas e identificar problemas antes mesmo que eles surjam é muito trabalhoso, experimente utilizar ferramentas que permitem entrar em contato com o cliente para estimular avaliações e praticamente automatizam este processo de gestão de relacionamentos e reclamações, com a ajuda dos reviews.

A Yourviews possui uma ferramenta completa e absolutamente personalizável que ajuda e-commerces a entrarem em contato com seus clientes, monitorar o grau de satisfação com o produto, com a loja e ainda oferece benefícios como:

  • Geração de engajamento
  • Ganhos positivos na reputação da marca
  • Melhoria no relacionamento com clientes
  • Melhorias no posicionamento SEO

 

Se além de evitar os erros mais comuns de e-commerces, você deseja conhecer ainda mais estratégias para impulsionar suas vendas, continue sua leitura em nosso artigo: “10 dicas infaliveis para vender mais no seu e-commerce?”

 

Também aproveite para testar a ferramenta e conhecer estas e outras vantagens disponíveis, que te ajudarão a superar os erros mais comuns de e-commerces.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *